14 de mar de 2010

Ele é Oscar Metsavaht,proprietario da OSKLEN

Ele escala o Himalaia, pratica snowboard nos Andes e surfa no Taiti.
Ele é Oskar Metsavaht, proprietário da Osklen, uma das marcas brasileiras mais bem  sucedidas no mundo.
E pensar que tudo começou com  uma loja de casacos de neve em  Búzios! Isso porque o jovem  médico esportista Oskar Metsavah, do alto dos seus 25 anos, tinha o estranho hábito de criar casacos de neve para as expedições que fazia com  os amigos.
_ "Eu tenho prazer em lugares belos, tenho prazer de descer montanhas surfando de snowboard, montanhas onde tenham a neve mais perfeita, por isso que eu vou ao Alaska, vou aos Andes, ao Himalaia. E tenho prazer quando eu vou para esses lugares de mergulhar na cultura local, nas filosofias locais, conviver com aquilo e ainda fazer o que eu nem chamo de esporte, porque para mim surfar numa montanha é desenhar em  um  papel branco.A Osklen é uma expressão do meu estilo de vida. Acho que o sucesso da Osklen é que ela tem  o criador e ao mesmo tempo o empresário. Eu tenho uma liberdade de criação e uma liberdade econômica muito grande. Ela começou com  os casacos de neve e as bermudas de montanha, era o início dos esportes de aventura, em  90. Daí em  96 comecei a fazer roupa de surf. Para fazê-la eu criei um  novo tecido. Fui para o Taiti, que é o sonho de todo surfista, fiquei testando as bermudas, foi muito inspirador. Voltei, comecei a fazer o surf com o tecido novo, uma qualidade acima do que tinha no mercado, com  estampas completamente originais, e com  a diferença de já ter usado de verdade.
O estilista da Louis Vuitton Marc Jacobs foi à loja em Ipanema e comprou. Ele vestiu um  look inteiro da Osklen. A roupa inteira, não uma peça. Quando você veste o look inteiro você está vestindo não a roupa,mas um  estilo. Ele vestiu o estilo de um estilista, e isso tem  um  significado muito completo.


_ Antes de tudo, moda é expressão de comportamento contemporâneo. Então a ecologia está presente na vida de todo mundo. A moda é um  instrumento para criar desejo e tendência. Ela tem  uma certa força na hora de falar com  a sociedade Se nós a utilizarmos com o instrumento para dizer isso é cool, isso é belo, isso é moderno, fazemos uma campanha política através da moda.
_  Caro para mim  é aquilo que custa mais do que vale. Primeiro, a Osklen não copia nada de fora. Muitas empresas brasileiras viajam, compram  tudo lá fora e mandam  copiar. É muito fácil. O custo de desenvolvimento de projeto é muito pequeno. Nós não, a gente desenvolve. Cria. Sai do zero. Então é um  custo muito alto. Outra coisa: eu procuro usar os melhores materiais possíveis, que nos mínimos detalhes já ficam  mais caro. Terceiro, a gente tem  exclusividade. Tem  peças com  a quantidade muito pequena. Não existe mágica de fazer um a coisa com  qualidade internacional, originalidade e com  um a certa exclusividade com preço mais acessível. E o que prova isso é que a gente tem  loja em Tókio, Roma, Milão e Nova York. Se nossos produtos estão sendo aceitos nesses lugares é porque a qualidade deles é melhor do que as outras marcas que estão aqui e não conseguem  entrar neste mercado internacional

 
.Abro loja em Miami, em um dos projetos de moda mais interessantes dos Estados Unidos. Chama 11 11 Lincoln Road. É um projeto arquitetônico dos arquitetos Jacques Herzog e Pierre de Meuron, que fizeram a loja da Prada em Tokyo, o estádio de Beijing e a Tate Modern. Fui convidado para participar do projeto junto com as lojas âncoras como Stella MCartney da Adidas, a Mac Cosméticos e a Taschen Books

Nenhum comentário:

Postar um comentário